terça-feira, 22 de março de 2011

"E eu que sempre achei que o meu mundo fosse você, que se não estivesse mais presente no meu dia-a-dia eu não saberia mais como viver, que a vida não faria mais sentido. Mas olha só agora: Estou aqui, viva, e estou muito bem... Talvez um pouco perdida, mas bem."

Carolina Muniz Brolese
Tumblr_lhyrcg74ru1qg6z6no1_500_large

sábado, 19 de março de 2011


Tumblr_lhnee94wre1qajnsxo1_500_large
"Já rasguei aquela página do livro que tanto demorei pra criar coragem de jogar fora... mas ela ainda está na lixeira, e o meu maior medo é que eu queira pegá-la pra colocar novamente no meu livro".


Carolina Muniz Brolese

terça-feira, 15 de março de 2011

Cicatrizes de um sonho

Tumblr_li2suatr421qcb0fbo1_500_large
A vida toda acreditei que logo acharia alguém pra amar e me amar. Alguém que valesse à pena e me provasse que realmente os homens não são todos iguais. Alguém que mudasse, pra melhor, meu modo de ver o mundo. Alguém que me fizesse manter o brilho no olhar dia após dia e que me fizesse me sentir especial. E eu quis tanto continuar acreditando em tudo isso, que acabei me entregando fácil demais, e como sempre, acabei me machucando. E agora, de tanto que quis acreditar, de tanto que me machuquei tentando provar pra mim mesma que tudo que sempre sonhei um dia seria real, acabei desacreditando em tudo isso, e a decepção está presente no meu dia-a-dia. Acabei me afundando em meus próprios sonhos, em minhas próprias necessidades. E agora, quem poderá me salvar? Não, não é o Chapolin Colorado, mas sim eu mesma. Tenho que trazer o sonho pra realidade, mas não me entregar a qualquer um e muito menos deixar meu coração ser dominado por qualquer alguém que me der um pouco mais de atenção. Só eu mesma posso me salvar desse sonho que se tornou um grande pesadelo de dores e decepções. E sabe aquele sorriso que trago todos os dias? É só pra tirar a atenção dos meus olhos, que gritam pelo meu socorro. Meu sorriso esconde tantas dores, que alguém jamais conhecerá.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Sufocada,

Tumblr_lhijzl7gzs1qex26qo1_500_largeassim que me sinto quando estou longe de você. Sufocada pelo nó que fica na minha garganta toda vez que me despeço de você. Eu não sei o que acontece comigo, mas tenho uma dependência da tua presença, que nem eu consigo entender o porquê. Eu necessito de você comigo à todo instante. Necessito do teu abraço, dos teus olhos, da tua voz, até o teu silêncio já me basta, pois o que realmente me importa é tua presença.
Sabe o que realmente me faz bem? O teu abraço. Nele encontro tudo o que eu preciso e mais. Me sinto segura, me renova, parece que tudo pára, e juro: por mim não pararia de te abraçar nunca mais.
Eu nunca tive essa necessidade por alguém como eu tenho por você. É muito estranho, tanto que mal sei lidar, mal consigo conviver com isso. Tem dias em que eu tenho vontade de correr até onde você está, só pra poder ficar perto de você, pra poder te abraçar, pra acabar com essa vontade louca de te ver que me sufoca a cada instante longe de você.